Brujeria – 06-02-2014 – Curitiba (Master Hall)

brujeria09 - curitiba 2014

Texto e fotos por Clovis Roman

O Brujeria, um dos grandes nomes do Metal Extremo, abriu sua turnê pelo Brasil com um show destruidor em Curitiba, tocando mais de 20 músicas. A apresentação começou na hora programada, e não contou com banda de abertura. O grupo tem em sua formação alguns grandes nomes do Death Metal, como o baixista Jeff Walker (do Carcass), o guitarrista Shane Embury (que é baixista do Napalm Death há mais de 25 anos) e o baterista Nick Barker, que já havia tocado na cidade, em 2007, com o Testament.

Entre suas músicas mais conhecidas, o público Curitibano pode conferir a execução de três composições inéditas, que estarão no próximo disco da banda, o qual se chamará Pocho Aztlan. O último álbum do Brujeria é Brujerismo, lançado em 2000, quando o grupo ainda contava com o membro fundador Dino Cazares (também guitarrista do Fear Factory, que depois fundou o Asesino, onde toca diversas covers do Brujeria). Duas delas o grupo já vem executando há um bom tempo: “Pocho Aztlan” e “Angel De La Frontera”. A outra novidade foi “Satongo”, a mais recente do repertório.

O público, empolgado desde cedo – muitos entraram no Music Hall comentando que ver o Brujeria era um sonho realizado – foi elogiado diversas vezes pela banda (assim como nosso país no geral): “Tocamos na Espanha e Itália, mas os brasileiros são os melhores”. Apesar do grupo já ter vindo diversas vezes ao Brasil, esta foi a primeira passagem do grupo por Curitiba. Mas os elogios se tornaram detalhe quando a banda massacrou os presentes com petardos como “La Migra” (cujo clipe passava direto na MTV durante a década de 90), a estupenda “Colas De Rata”, “Brujerizmo” e “Division Del Norte”. Outro ponto alto foi “Anti-Castro”, do, até o momento, mais recente álbum da banda.

O final veio com “Matando Güeros”, faixa que nomeia o disco de estréia da banda, de 1993. Na época, o grupo também contava com Güero Sin Fe, pseudônimo de Billy Gould, do Faith No More. O trabalho teve grande impacto na época, alavancado por sua capa considerada ofensiva (ela mostra uma cabeça decapitada sendo segurada), o que causou o banimento do disco em diversos países. Nas letras o grupo também pegou pesado, pois a temática gira em torno, basicamente, de cruzar a fronteira México/Estados Unidos (“Cruza La Frontera”, também tocada no show) e sobre matar americanos brancos – como a própria faixa título sugere.

brujeria05 - curitiba 2014

Após devastar Curitiba, o Brujeria completará sua passagem pelo país com shows em Brasília, Palmas, São Paulo, Rio de Janeiro e Manaus.

SETLIST
Verga Del Brujo
El Desmadre
Colas De Rata
No Aceptan Imitaciones
Marcha De Odio
Hechando Chingasos
Ángel De La Frontera
La Migra
Pocho Aztlan
Sida De La Mente
Satongo
Cuiden A Los Niños
Brujerizmo
Anti-Castro
Revolución
La Ley De Plomo
Cruza La Frontera
Mexico Campeón
Division Del Norte
Consejos Narcos
Pito Wilson
Matando Güeros

(Visited 61 times, 1 visits today)