Semblant, Hevilan e Macumbazilla – 05-12-2015 – São Paulo (Gillan’s Inn)

Hevilan e Warrel Dane - SP - dez-2015 - por André LuizTexto por André Luiz – Fotos por André Luiz  – Edição por André Luiz

O Gillan’s Inn Rock Bar recebeu no sábado, 05, uma verdadeira celebração do heavy metal. O público compareceu em peso para presenciar as apresentações de três nomes da cena nacional: a paulistana Hevilan celebrando 10 anos de estrada e as paranaenses Semblant (divulgando o petardo ‘Lunar Manifesto’) e Macumbazilla (em vias de lançar seu debut full lenght). Além da ótima estrutura oferecida à músicos e público pelo local, foi disponibilizado também merchandising das três bandas aos presentes com a constante participação dos respectivos integrantes os quais interagiam com àqueles que foram prestigiar a celebração da noite.

O público acomodava-se na casa de shows quando por volta das 23h15m André Nisgoski (vocal e guitarra), Carlos Schner (baixo) e Fred Duba (bateria) surgiram no palco. Com menos de um ano de estrada, os stoners do Macumbazilla já conseguiram grande destaque na mídia por conta do seu debut EP auto intitulado, porém banda estão na etapa final da gravação para seu primeiro full lenght ‘Colossus’, trazendo um som que passeia entre o stoner e o metal. E deste futuro álbum surgiu um dos destaque da noite, anunciada como “Blondie Phantom” em uma alusão sobre a famosa história da loira do banheiro. O frontman anunciou “The Ritual” e pediu feedback ao público presente sobre o material (a mesma faixa fora lançada em clipe este ano).

Macumbazilla - SP - dez-2015 - por André Luiz

Seguiram com “Blood, Beer And Broken Teeth”, e após uma rápida troca de baixo continuaram a performance nos brindando com um rock simples e sujo na faixa título do próximo álbum, “Colossus”. A sonoridade forte mesclada com bom humor corriqueiro da banda foi evidenciado entre os intervalos das músicas, em especial para anuncia-las, fosse quando André dedicou “Lies” àqueles que nos manipulam, ou na última canção da noite “Zombie” quando cumprimentou a todos e ofereceu a música aos amigos posers “que todos nós temos”. A considerar o EP auto intitulado e os “previews” executados on stage na referida noite, ‘Colossus’ deverá facilmente figurar entre os grandes lançamentos de 2016, é aguardar para ver.

Set List Macumbazilla:
Slow
Blondie Phantom
The Ritual
Blood, Beer And Broken Teeth
Colossus
Lies
Dark Hordes
Zombie

Durante o intervalo, percebeu-se o frisson na área reservada do Gillan’s devido à presença de Warrel Dane (o mesmo chegara durante o show da Macumbazilla), um dos convidados da noite, anunciado ao lado de Vitor Rodrigues (Voodoopriest) em participação especial durante a apresentação que viria a seguir. A citar, nomes como May Puertas (Torture Squad) e Diego Sachi (Hazy) também prestigiaram o evento, assim como alguns dos principais veículos especializados da cidade, em meio a uma noite de sábado com a “concorrência” do show do Viper no Carioca Club (dias antes, a performance do Overkill também prevista para mesma noite fora cancelada devido problemas com vistos dos músicos).

Hevilan - SP - dez-2015 - por André LuizIV

Exatamente às 0h42m começaram os primeiros trabalhos na bateria e os integrantes da Hevilan surgiram um a um no palco. Após uma intro, iniciaram com o desfile de faixas do álbum ‘End Of Time’, iniciado por “Dark Throne Of Babylon”, seguida por “Re-genesis” e “Minos’ Call”. A cada nova faixa, surgiam no telão imagens divulgando o nome da música e interagindo com o executado on stage, a citar por exemplo “Loneliness” que iniciou após anuncio do telão e prosseguiu com lyric video sendo exibido. Alex Pasqualle (vocal), Johnny Moraes (guitarra), Biek Yohaitus (baixo) e Rafael Dyszy (bateria) demonstravam-se desinibidos no palco, destacando-se a interpretação do frontman com total domínio das ações.

Johnny assumiu o microfone e disse que considerava os dez anos de banda exatamente em 2016 quando completará este período o lançamento do EP debut, mas que pela ocasião especial valia a pena aproveitar para antecipar a comemoração. Alex falou sobre o prazer de tocar na Hevilan e que nunca tiveram um abriga sequer, na sequência anunciou a faixa título do mais recente álbum “End Of Time”, seguida pela música homônima do EP de 2006 “Blinded Faith” – anunciada por Johnny – e pela canção que rendeu um dos vídeo clipes do full lenght, “Desire Of Destruction”.

Hevilan e Warrel Dane - SP - dez-2015 - por André LuizII

Prosseguindo com a apresentação, foram exibidos no telão do Gillan’s depoimentos de Caio Cortonessi e Brendan Duffey, a seguir o baixista Biek Yohaitus comentou sobre a historia de Vitor Rodrigues com a Hevilan e o convidou ao palco para executarem “Sanctum Imperium”. Logo depois, Vitor e Johnny Moraes convocaram o outro convidado da noite, Warrel Dane, para adentrar ao palco e iniciarem a performance de “Shades Of War” (com direito a Dane utilizando o celular para “colar” a letra da canção) e encerraram o show de forma apoteótica. Anos de experiência calcadas em uma curta e qualitativa discografia aliados as várias apresentações ao lado de grandes nomes da música mundial no Brasil (a citar por exemplo Masterplan este ano), desta forma a Hevilan potencializa sua performance de palco e alimenta expectativas positivas para um novo lançamento de inéditas, um passo adiante em sua bela trajetória.

Set List Hevilan:
Intro
Dark Throne Of Babylon
Re-genesis
Minos’ Call
Loneliness
End Of Time
Blinded Faith
Desire Of Destruction
Sanctum Imperium (com Vitor Rodrigues)
Shades Of War (com Warrel Dane e Vitor Rodrigues)

A noite continuou com um ótimo público no Gillan’s (se alguém imaginava que a plateia estava no local pelo Warel Dane, acho que…), os quais presenciaram uma grande performance da banda curitibana Semblant. Colhendo os frutos de um dos principais trabalhos de 2014, o álbum ‘Lunar Manifesto’, Mizuho Lin (vocal), Sergio Mazul (vocal), Sol Perez (guitarra), Juliano Ribeiro (guitarra), Thor Sikora (bateria) e J. Augusto (teclado) adentaram ao palco logo de cara com um dos destaques do mais recente álbum, “Dark Of The Day”, primeiro vídeo clipe lançado deste trabalho, seguida pelo petardo “Mists Over The Future” com destaque para os duetos de Sergio e Mizuho.

Semblant - SP - dez-2015 - por André LuizV

Sem visitar a capital paulistana desde 2012, Sergio Mazul avisou que a noite seria para mostrar as músicas do mais recente trabalho ao público, e executaram “Scarlet Heritage (Legacy of Blood PTIII)”, um verdadeiro hino que dá sequência a – até o momento – trilogia Legacy Of Blood iniciada no álbum de 2010 ‘Last Night Of Mortality’. Aliás, pessoalmente assisti a banda em 2008 e 2010 (quando Sergio ainda tinha cabelo e cantava ao lado de outra vocalista), seis anos após é nítida a evolução da banda com as mudanças de line up e experiências ao lado de grandes nomes do metal mundial (recentemente se apresentaram com Tarja, Nightwish e Moonspell, por exemplo).  E como esta nova guinada na carreira da Semblant iniciou? Com o EP de 2011, cuja faixa título “Behind The Mask” foi a executada na sequência, evidenciando as qualidades de Mizuho tanto na técnica vocal quanto na presença de palco e interação com Sergio on stage.

Semblant - SP - dez-2015 - por André LuizVI

Mizuho agradeceu os mais de 100k em visualizações de “What Lies Ahead” antes da música ser executada, e a sequência do show veio com o petardo avassalador “The Shrine” (a qual considero a melhor música nacional de 2014) e a anunciada ‘balada da Semblant’ “Bursting Open” em mais um belo dueto da dupla de vocais (embora Sergio se destaque pelas variações em seu timbre, vê-lo cantar de forma limpa soou muito bem ao vivo).

“E a pergunta é onde está o baixista?” cita Mizuho antes de “Ode To Rejection” (NOTA DO EDITOR: João Vitor não pôde ir à São Paulo devido outros compromissos profissionais na referida data). Os mais atentos já haviam percebido tal ausência e o desdobramento dos guitars na “cobertura” do baixo durante o show, porém a performance da banda em si não foi afetada.

Semblant - SP - dez-2015 - por André LuizIV

A vocal apresentou os integrantes do sexteto e executaram a última da noite, “Incinerate”, sem antes Mazul agradecer todas bandas presentes e o Gillans pelo espaço cedido dizendo “o quanto não via a hora de retornar à São Paulo”. Ora Sergio, não apenas você como cada um dos presentes no grande evento aguardam por uma nova performance da Semblant na capital paulistana, da próxima vez com um set acrescido de faixas do ‘Last Night Of Mortality’, porém sem deixar de dar o destaque merecido ao álbum que alçou a banda ao posto de um dos grandes destaques da cena nacional. Agradecimentos especiais à todas bandas envolvidas e ao Gillan’s Inn pelo grande momento vivenciado pelo heavy metal nacional – situações como estas nos fazem continuar acreditando na música autoral brasileira.

Set List Semblant:
Dark Of The Day
Mists Over The Future
Scarlet Heritage (Legacy of Blood PTIII)
Behind The Mask
What Lies Ahead
The Shrine
Bursting Open
Ode To Rejection
Incinerate

(Visited 12 times, 3 visits today)