Symphony X – 07-05-2016 – São Paulo (Tom Brasil)

Symphony X - SP - mai-2016 - por Leandro AlmeidaTexto por Ana Karoline Sousa – Fotos por Leandro Almeida – Edição André Luiz

Após três anos desde sua última passagem pelo Brasil, o Symphony X retornou ao país com a “Underworld Tour 2016” para divulgação do álbum homônimo. As apresentações ocorreram em três cidades brasileiras: Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Depois de um show épico na capital paranaense na noite anterior, sábado (07) foi a vez dos paulistas receberem o quinteto americano que se tornou ícone do prog metal no Tom Brasil (antigo HSBC).

A banda de abertura, Armored Dawn, iniciou o show as 20h45m, com a casa ainda um pouco vazia. Ainda assim Eduardo Parras (vocal), Guga Bento (bateria), Rafael Agostino (teclado), Timo Kaarkoski (guitarra), Fernando Giovannetti (baixo) e Tiago de Moura (guitarra) fizeram uma ótima apresentação aos presentes. No set list houveram destaques para “Prison”, “Mad Train”, “Far Away” e o bem executado cover de “Enter Sandman”, do Metallica. Eduardo agradeceu ao público presente e aproveitou para explicar a mudança de nome da banda, antigamente chamada de Mad Old Lady. O vocalista agradeceu a oportunidade de abrir o show de uma banda tão influente quanto o Symphony X, salientando que o grupo estava muito feliz com a ocasião, deixando claro que eram grandes fãs da atração principal da noite. A apresentação da Armored Dawn foi finalizada por volta das 21h30m.

Com a casa cheia e atraso de apenas cinco minutos, os americanos do Symphony X subiram ao palco ao som da clássica “Nevermore”, recebida com muita euforia pelos fãs, seguindo com “Underworld” e a esperada “Kiss Of Fire”, levando o público a loucura. A banda fez uma breve pausa, durante a qual o vocalista Russel Allen cumprimentou os fãs e disse que a banda estava muito feliz em retornar ao Brasil, agradecendo todo apoio e demonstrações de carinho dos fãs, que gritavam o nome do vocalista.

O Symphony X conta atualmente em sua formação com Russel Allen (vocal), Michael Romeo (guitarra), Michael Pinnella (teclado), Michael LePond (baixo) e Jason Rullo (bateria), os quais demonstraram que mesmo com 22 anos de carreira a banda está no seu auge, dando literalmente um show de empolgação e presença de palco.

Symphony X - SP - mai-2016 - por Leandro Almeida II

Continuando o set list, foi a vez de “Without You”, seguida por “Charon”, recebida com ânimo pelos fãs que continuaram em êxtase com as faixas seguintes, “To Hell And Back”, “In My Darkest Hour” – também cantada em uníssono pela plateia – e “Run With The Devil”. Mais uma vez o vocalista agradeceu aos fãs pela noite incrível e todo entusiasmo durante a performance, antes de “Swansong” , “The Death Of Balance/ Lacrymosa”, do álbum ‘The New Mythology Suite’ e “Out Of The Ashes”, do álbum ‘The Divine Wings of Tragedy’, também muito bem recebidas pelo público.

“Sea Of Lies” contou com a participação de Thiago Bianchi, vocalista do Noturnall, convidado da banda. Russel e Thiago fizeram um pequeno e divertido duelo de vocais, observando quem conseguia arrancar mais gritos da plateia. O Symphony X deixou o palco por alguns instantes, mas logo o vocalista Russel Allen retornou ao palco, pedindo para o público fazer barulho para os demais membros, executando a faixa “Set The World On Fire (The Lie Of The Lies)” – os fãs fizeram um coro pedindo a música “Evolution”, porém não foram atendidos.

Symphony X - SP - mai-2016 - por Leandro Almeida I

Russel disse ao público que muitas pessoas falavam que o heavy metal está morto, mas o vocalista afirmou que isso se trata de uma besteira, afinal “lendas nunca morrem”, dedicando a faixa “Legend” à Lemmy Killmister, frontman do Motörhead, e ao célebre vocalista Ronnie James Dio. A banda encerrou seu show no Tom Brasil por volta das 23h45m, satisfazendo a todas expectativas dos fãs presentes após quase duas horas de apresentação. Agradecimentos à Top Link, Damaris Hoffman e Miriam Martinez pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List Symphony X:
Nevermore
Underworld
Kiss Of Fire
Without You
Charon
To Hell And Back
In My Darkest Hour
Run With The Devil
Swan Song
The Death Of Balance
Out Of The Ashes
Sea Of Lies
Set the World On Fire (The Lie Of Lies)
Legend

(Visited 20 times, 2 visits today)