Angra – 13-08-2016 – São Paulo (Tom Brasil)

Angra_ThiagoAlmeida-25Texto por Ana Karoline Sousa – Fotos por Thiago Almeida (Imprensa do Rock) – Edição por André Luiz

A noite de sábado (13) foi marcada pelo show histórico do Angra. A banda que conta atualmente em sua formação com Rafael Bittencourt (guitarra/ vocal), Marcelo Barbosa (guitarra/backing vocal) – substituindo Kiko Loureiro afastado dos shows desde 2015 –, Felipe Andreoli (baixo), Fabio Lione (vocal) e Bruno Valverde (bateria) fez uma apresentação emblemática em comemoração aos 20 anos do álbum clássico ‘Holy Land’. A turnê que comemora o aniversário do álbum teve início em abril na Indonésia, está passando por diversas cidades brasileiras e ainda seguirá para a Europa.

A abertura do show ficou por conta do carismático e cômico Bruno Sutter, também apresentador do programa “Bem que se Kiss” da Kiss FM, ex integrante do grupo humorístico Hermes e Renato e alter-ego do mítico Detonator, que teve início as 21h. Com muito bom humor e cativando a plateia, o vocalista/baixista aproveitou a apresentação para divulgação de seu álbum solo de nome homônimo, juntamente com seus companheiros de banda Christian Oliveira (bateria), Marcio Sanches (guitarra/vocal) e Attilio Negri (guitarra). A apresentação de Sutter contou com muita presença de palco e animação da plateia, para a qual o frontman afirmou que estava muito honrado em tocar na festa do Angra, a qual brincou que faria o encerramento de seu show, arrancando muitos risos do público. No show do Bruno Sutter, destaque para as faixas “Grattitude”, “Socorro”, “I Blood To Love You”, “Provoke Yourself” e “The Best Singer In The World”. A apresentação foi encerrada por volta das 22h ao som de sua divertida versão metal de “Galopeira”.

Com a casa completamente lotada, o Angra iniciou sua apresentação as 22h45m – a qual seria repleta de surpresas e ficaria na história como um dos melhores shows da banda. A primeira faixa a ser tocada foi “Newborn Me”, do álbum mais recente ‘Secret Garden’ seguida por “Wings Of Reality” e “Waiting Silence”.

A apresentação do Angra contou com a presença de inúmeros convidados: além do baterista de formação Bruno Valverde, o show contou com a perfomance de um segundo baterista, Ricardo Confessori – ex-membro da banda que gravou o álbum aniversariante. Os convidados não pararam por aí: estavam presentes o tecladista Juninho Carelli (Noturnall e Shaman) e o percussionista Dedé Reis.

Angra_ThiagoAlmeida-29

Iniciando a homenagem ao álbum ‘Holy Land’, a primeira faixa do mesmo a ser tocada foi “Nothing To Say”. Durante todo o show, o vocalista italiano Fabio Lione mostrou sua empolgação ao interagir praticamente o tempo inteiro com o público, demostrando que seu português melhorou muito, e claro, surpreendendo a todos com sua voz que chegava a tons inacreditáveis.

O show seguiu com “Silence And Distance”, “Carolina IV”, “Holy Land” e “The Shaman” – a mesma sequência do álbum. Ao decorrer da apresentação, muitas vezes a bateria era dupla, mostrando a interação entre Cofessori e Valverde, sem esquecer de Dedé na percursão. A sincronia entre eles era sentida na energia do público que agitava o show.

Anunciada por Rafael Bittercount, foi a vez da faixa “Z.I.T.O”, porém antes da mesma ser executada, houve uma breve explicação, onde Rafael disse que a música surgiu da junção de vários elementos e que a real dica era a letra da música.

Angra_ThiagoAlmeida-44

Pouco tempo depois foi a vez de mais um convidado subir ao palco: um dos principais fundadores do Angra, Luís Mariutti, foi recebido com muita euforia da plateia que faziam coro gritando “Jesus!” – apelido dado por Paulo Bonfá na época do Rockgol MTV devido a aparência de Luís, que foi eternizado pelos fãs.

O show também teve seu momento acústico, quando Rafael Bittencourt dominou os vocais na canção “Sillent Call”, deixando o clima um pouco mais calmo. Foi a vez então do “Drum Solo” de Bruno Valverde, deixando todos impressionados com seu talento.

Angra_ThiagoAlmeida-32

O show seguiu com as esperadas “Rebirth”, “Angels And Demons” – do álbum ‘Temple Of Shadows’ – e “Nova Era” do disco ‘Rebirth’, que levaram mais uma vez o público ao delírio. Encerrando sua apresentação espetacular de inacreditáveis duas horas e cinquenta minutos, a música escolhida para fechar o show foi “You Really Got Me”, cover da banda The Kinks, mas popularmente conhecida pela versão do Van Hallen. O Jam final reuniu todos os convidados, incluindo o responsável pelo show de abertura Bruno Sutter e também ninguém menos que Edu Ardanuy, guitarrista do Dr. Sin. Agradecimentos à Top Link, Hoffman & O’Brian e Miriam Martinez do Tom Brasil pela produção do evento e credenciamento de nossa equipe.

Set List Angra:
Newborn Me
Wings Of Reality
Waiting Silence
Nothing to Say
Silence and Distance
Carolina IV
Holy Land
The Shaman
Make Believe
Z.I.T.O.
Deep Blue
Final Light
Time
Storm Of Emotions
Lullaby For Lucifer
Silent Call
Drum Solo
Rebirth
Angels And Demons
Nova Era
You Really Got Me (The Kinks Cover)

(Visited 59 times, 1 visits today)