Green Day – 03-11-2017 – São Paulo (Arena Anhembi)

Texto por Alvaro Ramos – Fotos por Stephan Solon (Move Concerts) – Edição por André Luiz

Sete anos desde a última vinda ao Brasil, o Green Day finalmente retornou ao nosso país, trazendo uma noite de festa – ou celebração, segundo as palavras do vocalista Billie Joe – para o público paulista. Trazendo a banda californiana The Interrupters como convidada para a turnê pela América do Sul, o show foi anunciado para acontecer na Arena Anhembi, mesmo local da última apresentação em São Paulo. No grande dia, as filas eram imensas logo cedo, já que a data do show caiu na emenda do feriado, desta forma boa parte dos fãs não trabalharam e puderam chegar cedo para garantir seus lugares mais próximos do palco – quando os portões se abriram, rapidamente a Arena Anhembi foi enchendo, e os fãs ansiosos aguardavam o grande momento.

Às 21h, horário marcado para o início da abertura, os californianos The Interrupters subiram ao palco sob aplausos, mesmo sendo desconhecidos por grande parte do público. Desde o início, a vocalista Aimee Interrupter e os três irmãos Bivona (Kevin, Justin e Jesse) souberam entreter o público com muito carisma, conseguindo agradar os fãs que aguardavam o show principal. Com um som o qual demonstra fortes influências de Ska, Punk e Hardcore, a banda agradou e conseguiu inclusive fazer com que o público cantasse junto alguns refrões, já que Aimee interagia a todo momento e ensinava as letras. Tocaram por aproximadamente 45 minutos faixas de seus dois álbuns de estúdio – o auto intitulado de 2014 e o mais recente ‘Say It Out Loud’ de 2016 –, saindo do palco sob aplausos, pouco mais de 15 minutos antes do horário marcado para o início da atração mais aguardada da noite.

Set List The Interrupters:
A Friend Like Me
By My Side
White Noise
Take Back The Power
She Got Arrested
This Is the New Sound
Easy On You
On A Turntable
Sound System
Family

Após alguns ajustes no palco principal, às 22h as luzes se apagaram, e iniciou-se nos PA’s uma sequência de músicas que antecedem a entrada do Green Day; “Bohemian Rhapsody”, do Queen, “Blitzkrieg Bop”, um dos maiores clássicos dos Ramones e do Punk Rock; e por último a emblemática “Also Sprach Zarathustra”, do compositor clássico Richard Strauss, mas que ficou mais conhecida na cultura popular como tema do filme “Uma Odisséia no Espaço”. Ao término da mesma, Billie Joe Armstrong, Mike Dirnt e Tré Cool entraram no palco, levando a Arena Anhebi abaixo, e ao som de “Know Your Enemy” iniciaram o show com mais de 25 mil fãs cantando em uníssono desde o começo, sendo que ao fim desta, um fã em especial foi escolhido por Billie para subir no palco e cantar junto com a banda.

As novas “Bang Bang” e “Revolution Radio” vieram logo depois, mas foi com “Holiday” que se iniciou o primeiro dos vários grandes momentos da noite. A faixa do álbum ‘American Idiot’, um dos mais queridos pelos fãs, levou o público todo a cantar e pular junto com Billie, que aproveitava o tempo todo para dizer em português “Muito obrigado, Brasil”.

Dali para frente o show teve um set list longo mesclando canções de todas as fases da banda, e para alegria dos fãs, o set de São Paulo foi quatro músicas mais longo do que o show do Rio de Janeiro, foi o primeiro da turnê Sul-Americana. Além de maior, contou também com algumas surpresas, como “F.O.D. (Fuck Off And Die)”, do álbum ‘Dookie’, que não era executada ao vivo há mais de quatro anos.

“Boulevard Of Broken Dreams”, “When I Come Around”, “Welcome To Paradise”, “Minority”, “Basket Case” e “Are We the Waiting” foram algumas das músicas mais esperadas e que mais fizeram o público ir à loucura, mas as faixas mais recentes do álbum ‘Revolution Radio’ como “Still Breathing” e “Forever Now” também empolgaram e fizeram boa parte do público cantar, sendo esta última inclusive a escolhida para encerrar a primeira parte da apresentação. Momentos do show cheios de pirotecnia e fogos de artifício completaram a performance, que além da parte musical contou com Billie disparando sua “bazuca lançadora de camisetas”, além de esguichar água no público e novamente outros fãs foram escolhidos para cantar e tocar guitarra no palco.

Voltando à sequência, após “Forever Now”, Billie Joe e companhia se despediram dos fãs, falaram um pouco e agradeceram em português, deixando o palco logo em seguida. Minutos depois, retornaram para o bis, que se iniciou com “American Idiot” e levou os milhares de fãs à loucura. “Jesus of Suburbia”, outro clássico absoluto, veio para encerrar o encore, a banda foi à frente do palco novamente para se despedir dos fãs, e saíram mais uma vez.

Mas não erao suficiente: os fãs continuavam pedindo mais e mais, e gritando em coro o nome da banda. Billie Joe retornou ao palco, desta vez acompanhado somente de seu violão, para a execução da versão acústica de “21 Guns” e “Good Ridance (Time Of Your Life)”, tornando esta parte acústica um dos momentos mais emocionantes da noite. Após 2h40m de show, Billie agradeceu os fãs pela terceira vez, e deixou definitivamente o palco novamente. Finalmente os fãs estavam satisfeitos, e puderam voltar para casa felizes, depois de momentos de nostalgia com a banda que marcou toda uma geração. Agradecimentos à Move Conerts e Midiorama.

Set List Green Day:
Know Your Enemy
Bang Bang
Revolution Radio
Holiday
Letterbomb
Boulevard Of Broken Dreams
Longview
Youngblood
2000 Light Years Away
Armatage Shanks
J.A.R.
F.O.D.
Scattered
Nice Guys Finish Last
Waiting
When I Come Around
Welcome To Paradise
Minority
Are We The Waiting?
St. Jimmy
Knowledge
Basket Case
King For A Day
Shout / Always Look At The Bright Side Of Life / Break On Through (To the Other Side) / (I Can’t Get No) Satisfaction / Hey Jude
Still Breathing
Forever Now

American Idiot
Jesus )f Suburbia

21 Guns
Good Riddance (Time of Your Life)

(Visited 67 times, 1 visits today)