Erasure – 11-05-2018 – São Paulo (Espaço das Américas)

Texto por Alvaro Ramos – Fotos por Júlio Szoke – Edição por André Luiz

De volta ao Brasil para três shows, na sexta-feira, 11, foi a vez de São Paulo receber o show da dupla britânica Erasure, formada pelo tecladista/guitarrista Vince Clark (ex-Depeche Mode) e o icônico vocalista Andy Bell. Conhecidos pela carreira de incontáveis hits que colocaram muita gente para dançar nos anos 80, a dupla trouxe para São Paulo exatamente o esperado: um set list com clássicos do começo ao fim, dando espaço para apresentar apenas cinco músicas do mais novo álbum, o reflexivo e não tão dançante ‘World Be Gone’. Com suas danças bizarramente divertidas, Andy deu um show de simpatia e interação com o público, colocando os milhares de fãs para dançar durante exatamente uma hora e meia.

O show estava marcado para 22h30m, e eis que cinco minutos do horário, as luzes se apagaram e iniciou-se uma música introdutória, para pontualmente no horário previsto, Andy e Vince entrarem no palco acompanhado apenas por duas dançarinas/backing vocals. Com uma montagem de palco interessantíssima, na qual Vince Clark ficava em uma plataforma elevada, deixando toda a “pista” para Andy, o show já teve início com “Oh L’Amour”, faixa do primeiro álbum (de 1986) e considerada um dos maiores clássicos do Erasure. Para não deixar o ritmo cair, “Ship Of Fools” já veio logo depois, fazendo o Espaço das Américas virar uma imensa pista de dança repleta de fãs – em sua maioria na casa dos 40-50 anos – os quais cantavam cada trecho das músicas com Andy Bell. Depois de “Breathe”, foi a vez da primeira música nova da noite, “Just A Little Love”, que apesar de mais tranquila também agradou o público.  Além desta, foram executadas “Sweet Summer Loving”, “Love You To The Sky”, “Take Me Out of Myself” e a faixa título, “World Be Gone”.

Fora isso, o set contou com clássicos mais dançantes como “Chains Of Love”, “Sacred”, Victim Of Love” e “Who Needs Love Like That”, até que mais para o final do show, foram tocados os sucessos absolutos “Love To Hate You”, “Blue Savannah” – os fãs que estavam mais na frente encheram bexigas azuis que surpreenderam e emocionaram o vocalista Andy Bell –, “Stop!” e “Always”, as quais mantiveram o show intenso. Ao contrário do reservado Vince Clark, que assistia ao show do alto enquanto revezava teclados e sintetizadores com violão e guitarra, Andy Bell aproveitava cada pausa entre música para interagir com os fãs e também tomar um gole de seu Whisky com Coca-Cola.

A dupla se mostrou totalmente satisfeita com o público e feliz por estar em São Paulo novamente; Andy inclusive aproveitou para “reclamar” que infelizmente teria menos de 24 horas em nossa cidade, e que gostaria de poder voltar com mais calma para aproveitar a “cidade incrível”, segundo suas próprias palavras. Aos 54 anos, o vocalista mostrou que além do carisma, está com a voz completamente em forma, variando de graves até agudos falsetes e que consegue sem nenhuma dificuldade ter o público nas mãos. Após mais agradecimentos e conversas com o público, “Sometimes” veio para fechar a primeira parte do show.

Vince e Andy deixaram o palco, e após pedidos dos fãs que gritavam por mais uma música, voltaram para a execução do clássico dos clássicos da carreira: “A Little Respect” foi cantada em uníssono por todos os fãs que lá estavam, e assim encerrou-se de vez a apresentação. Após a dupla agradecer aos presentes e deixar o palco, o Espaço das Américas voltou a ser uma casa de shows. Mas durante exatos 90 minutos, foi uma discoteca e pista de dança para todos que lá estavam. Agradecimentos à Move Concerts e Midiorama.

Set List Erasure:
Oh L’Amour
Ship Of Fools
Breathe
Just A Little Love
In My Arms
Chains Of Love
Sacred
Sweet Summer Loving
Victim Of Love
Phantom Bride
World Be Gone
Who Needs Love Like That
Love To Hate You
Take Me Out of Myself
Blue Savannah
Drama!
Stop!
Love You To The Sky
Always
Sometimes

A Little Respect

 

(Visited 116 times, 1 visits today)