Brujeria e Krisiun – 22-05-2018 – São Paulo (Espaço 555)

Texto por Evanil Jr. – Fotos por Felipe Buli – Edição por André Luiz

O centro de São Paulo neste dia 22 de Maio foi palco de um encontro de peso. E em um lugar icônico. A casa de shows da apresentação de terça-feira, o Espaço 555, é localizada ao lado da Galeria do Rock. E não teria lugar melhor para que Krisiun e Brujeria dividissem o palco, trazendo cada qual uma apresentação que agitou o público.

Os brasileiríssimos do Krisiun foram a primeira banda da noite. E encerraram em grande estilo a excelente turnê mundial do álbum ‘Forged In Fury’, tocando com vigor e aquela brutalidade que o Death Metal pede. Banda formada por Alex Camargo (baixo/vocal), Moyses Kolesne (guitarra) e Max Kolesne (bateria), subiram ao palco ovacionados pelo público e iniciaram a apresentação com “Ominous”, do álbum ‘Bloodshed’ de 2004. Logo em seguida, já com a roda formada na pista, tocaram a música “Ravager”.

Naquele ponto já se via que o Krisiun tinha vindo para fazer uma apresentação única. Tanto Moisés quanto Alex conversaram bastante com o público, mostrando o orgulho de ser brasileiro, representar sempre o metal nacional, mostrar a importância das bandas nacionais para o cenário e, muito aplaudido pelo público, comentaram também o papel e o respeito pela mulher dentro do Rock Extremo.

Pelo meio do show, tocaram do último cd a faixa “Ways Of Barbarism” e logo em seguida, “Vengeances Of Revelation”, clássico do álbum ‘Apocalyptic Revelation’ de 1998. Até o dado momento, o trio tinha feito o público esquecer o que viria logo em seguida. Quase ao final do show, tocaram a versão Krisiun da “Ace Of Spades”, do Motörhead, cantada praticamente por todos presentes. Um solo de bateria e a pesadíssima “Kings Of Killing” deram as notas finais da grandiosa apresentação.

Set List Krisiun:
Ominous
Ravager
Combustion Inferno
Blood Of Lions
Ways Of Barbarism
Vengeance’s Revelation
Descending Abomination
Apocalyptic Victory
Ace Of Spades (Motörhead Cover)
Hatred Inherit
Drum Solo
Kings Of Killing

Apesar de um pouco de atraso, o Brujeria subiu ao palco para mais uma apresentação em terras brasileiras. A banda formada por  Juan Brujo (vocal), El Sangrón (vocal), Fantasma (vocal), Hongo (baixo), Hongo Jr. (bateria | Nick Barker – Cradle Of Filth, Dimmu Borgir, Old Man’s Child, Lock Up, Testament), Criminal (guitarra), Pinche Peach (vocal), Bruja Bichie (vocal) e Guero III (guitarra), começaram executando a música “Cuiden a Los Niños”, seguida pela clássica “La Ley De Plomo”, do cd ‘Raza Odiada’ de 1995, fazendo com que a pista inteira virasse uma roda de mosh gigante.

Pessoas subiam no palco e pulavam de volta ao meio da galera, músicas cantadas pelo público – mesmo que em Portunhol – davam o tom do show. Logo no início, tocaram uma das músicas mais esperadas, “La Migra”. Ela veio seguida por “Hechando Chingasos” e logo depois, uma música com crítica política muito forte, precedida por um coro de xingamentos ao presidente norte americano Donald Trump. A música, no caso, se chama “Viva Presidente Trump!”, ironicamente.

O Brujeria seguiu demonstrando sua força, com um instrumental – principalmente na bateria – impecável e pesadas composições, cada uma delas conhecida pelas pessoas que foram assistir a esta apresentação. Outra música que quase derrubou o espaço logo na introdução foi “Brujerizmo”, uma das mais clássicas da banda formada no início dos anos 90, em Los Angeles (EUA). Seguindo o show, vieram com “Anti-Castro” e “Divicion Del Norte”.

Na faixa também bem conhecida “Consejos Narcos”, algumas garotas foram convidadas ao palco com placas de “Si” e “No” para acompanhar a música e agitar o público com as expressões de acordo com o que era cantado pela banda. O show terminou com a visceral “Mantando Güeros”, do álbum de estréia do Brujeria, e “Marijuana”, a versão da banda para a música “Macarena”, fazendo as pessoas dançarem invés de se baterem. Alguns membros da banda continuaram mais um bom tempo no palco, enquanto o mesmo era desmontado, tirando fotos e confraternizando com o público. Após duas apresentações de peso, superando a expectativa de todos, podemos aguardar um novo álbum visceral do Krisiun com apresentações ao ivo no mesmo nível e o Brujeria retornando ao país tal qual possível – o público certamente marcará presença. Agradecimentos à The Ultimate Music, Black Rock e Agência SobControle.

Set List Brujeria:
Cuiden a Los Niños
La Ley De Plomo
El Desmadre
Colas de Rata
La Migra
Hechando Chingasos
Viva Presidente Trump!
Angel de La Frontera
Satongo
Desperado
Pito Wilson
Brujerizmo
Anti-Castro
Divicion Del Norte
Marcha de Odio
Revolucion
Consejos Narcos
No Aceptan Imitaciones
Matando Güeros
Marijuana

(Visited 57 times, 1 visits today)