Melyra: lançamento de vídeo clipe e entrevista exclusiva com Fernanda Schenker

Entrevista por Evanil Jr. – Imagens por divulgação – Edição por André Luiz

A banda carioca Melyra lança com exclusividade no Portal Metal Revolution o vídeo clipe “My Delirium”. A faixa de trabalho faz parte do álbum ‘Saving You From Reality’, lançado recentemente nas plataformas digitais.

“Venha para o meu delírio”, ordena a primeira faixa do disco de estreia da banda Melyra. Seguindo a temática de fuga da realidade, o clipe de “My Delirium” mostra um mundo em que a luz e a escuridão se complementam, em uma valsa sem fim, fazendo com que quem esteja assistindo possa ir junto com a banda nesta imersão, provocando a sensação de experimentar o delírio. Confira o vídeo clipe de “My Delirium”:

Melyra hoje conta em sua formação com Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal) e Verônica Vox (voz) e Fernanda Schenker (guitarra e backing vocals). Este é o primeiro trabalho com esta formação.

A guitarrista Fernanda Schenker faz a seguinte análise deste vídeo clipe:

“No refrão nós convidamos às pessoas a entrarem no nosso mundo e descobrirem se o delírio lhes convém. Brincamos com várias nuances de luz no clipe para instigar o espectador. Essa ideia nós desenvolvemos junto com o diretor, e foi concebida para mostrar o nosso delírio, para mostrar o outro lado da normalidade. O claro, com luz de frente é o usual; o escuro, no contra-luz, é o nosso delírio. Se bem explorado, o delírio pode ser interessante”.

O vídeo contou com a participação da baterista Cynthia Tsai e foi dirigido e produzido por Gabriel Peres, também participaram Bruno Fernandes e Vladmir Mello, como apoio técnico. Abaixo, uma pequena entrevista feita com a banda Melyra para o lançamento deste clipe junto a Fernanda Schenker:

Evanil Jr. – O clipe é da música “My Delirium”, uma música convidativa àqueles que ouvem a entrar no “delírio” e vocês brincam com isto no clipe, usando conceitos de sombra e luz. Como foi o processo para que esta música fosse a escolhida para o clipe e como surgiu a ideia de trabalhar com sombra e luz para ter a experiência visual?
Fernanda Schenker – Nós já tínhamos escolhido a “My Delirium” como a próxima música de trabalho. Queríamos um conceito de clipe diferente do tradicional, que seria mostrar a banda tocando a música, algo que fosse intrigante e ao mesmo tempo algo que coubesse no nosso orçamento. Passamos essas ideias para o Gabriel (produtor e diretor do clipe) e quando tivemos a primeira reunião sobre o clipe ele trouxe a ideia de trabalhar no contra luz e nós adoramos!

Evanil – O nome do álbum é ‘Saving Your Reality’. Qual o conceito por traz deste trabalho?
Fernanda – As músicas do ‘Saving’ tratam, cada uma de um jeito, sobre escapar da realidade. A nossa ideia era mostrar que nem sempre o que é considerado normal é o melhor para nós e questionamos sobre o cotidiano e as coisas que fazemos no piloto automático sem saber o porquê. Queremos incentivar as pessoas a dar um basta nisso tudo e se aproximarem de sua essência.

Evanil – Se alguém viesse e pedisse: “Qual seria a primeira música que eu deveria ouvir da Melyra para me apaixonar pelo som na hora?”, qual vocês indicariam e por qual motivo?
Fernanda – Que pergunta difícil! Nosso som flerta com diversas vertentes do rock/metal, apesar de se concentrar mais no heavy metal tradicional. Sem conhecer o seu gosto musical eu diria para ouvir a “Dead Light”. Ela é uma música densa, cheia de detalhes e representa muito do que queríamos passar no álbum, inclusive por isso foi escolhida como primeiro single do CD.

Evanil – Falando sobre a banda, qual o desafio maior hoje para o Melyra?
Fernanda – A internet ajuda muito a gente a chegar mais longe! Temos fãs em todos os cantos do planeta e isso é ótimo! Mas, por outro lado, somos expostos a muita informação e o conteúdo muitas vezes acaba sendo descartável ou consumido muito rápido! Acredito que o nosso maior desafio hoje é descobrir como destacar nosso som no meio de tantas coisas legais que existem por aí. Queremos criar a nossa marca e fazer com que as pessoas se identifiquem com o nosso trabalho.

Evanil – Apesar de todas as vitórias, ainda existe muito o que se conquistar pelas mulheres no mundo. Para uma banda com line up 100% feminino, existem ainda barreiras que vocês precisam superar para se firmar no cenário?
Fernanda – Certamente existem sim. Ainda é raro vermos mulheres como instrumentistas em bandas (apesar de termos uma leva muito boa de meninas se destacando!), e ainda categorizamos muito as bandas com vocal feminino, separando das de voz masculina. Infelizmente muitas pessoas ainda tem na cabeça que as mulheres tocam mal e só fazem sucesso porque “são bonitas”. Nós já ouvimos isso inúmeras vezes. Mas eu acredito que estamos andando para frente e que a tendência é esse tipo de pensamento diminuir.

Evanil – O espaço agora é de vocês. Mandem recados, chamem a galera para curtir as redes, falem o que quiserem aos fãs da banda!
Fernanda – Primeiro queremos agradecer a vocês por essa entrevista e pelo espaço, muito obrigada! Teremos muitas novidades ainda esse ano, então fiquem ligados nas nossas redes sociais e no nosso site!

Ouça ‘Saving You From Reality’:
Spotify: http://bit.ly/SYFR_Spotify
Deezer: http://bit.ly/SYFR_Deezer
Google Play: http://bit.ly/SYFR_Google
Apple Music: http://bit.ly/SYFR_Apple

Links relacionados:
https://www.facebook.com/melyraband/
http://www.melyra.com/
http://www.youtube.com/user/melyraband
https://twitter.com/melyraband

(Visited 115 times, 1 visits today)