Angra Fest – 01-12-2018 – São Paulo (Tropical Butantã)

Texto por Evanil Jr. – Fotos por Júlio Szoke – Edição por André Luiz

Já virou tradição. Anualmente, na mesma época, o Angra apresenta o Angra Fest, uma reunião de várias bandas de nome do rock nacional, confraternizando com o público e também comemorando o aniversário do Angra, que neste 2018 completou 27 anos. A nova edição do festival contou, além dos anfitriões, com as bandas Nervosa, Project46, o retorno do Dr. Sin e a Malta. Foi um festival composto por vários estilos, mas com muito respeito, principalmente do público com as bandas presentes, demonstrando que diferentes vertentes podem tocar juntas em um mesmo local.

A festa iniciou-se às 18h, com a banda Nervosa, composta por Fernanda Lira (voz e baixo), Prika Amaral (guitarra e backing vocal) e Luana Dametto (bateria). Demonstraram para aqueles que já estavam presentes o poder de seu Thrash Metal, com repertorio composto tanto por músicas do último CD ‘Downfall Of Makind’ lançado este ano como “Horrordome”, quanto “Into MoshPit” do álbum ‘Victim Of Yourself’ de 2014, escolhida para o encerramento da apresentação.

Set List Nervosa:
Horrordome
And Justice For Whom
Death
Hostages
Masked Betrayer
Never Forget Never Repeat
Kill The Silence
Intelorance Means War
Into MoshPit

Em seguida, a banda Project46 entrou no palco com seu som mais moderno e um show cheio de energia, empolgando o público o qual cantou várias músicas junto com Caio MacBeserra (voz), Vini Castellari (guitarra), Jean Patton (guitarra), Baffo Neto (baixo) e Betto Cardoso (bateria). Suas músicas cantadas em português agitaram bastante e demonstrava para quem estava ali o clima que seria visto até o final do festival. Logo após o show, os membros do Project46 desceram para a pista, conversaram, tiraram fotos e interagiram com os presentes.

Set List Project46:
Terra de Ninguém
Tr3s
Se Quiser
Violência Gratuita
Pode Pá
Pânico
Rédeas
Erro +55
Foda-se (Se Depender de Nós)
Acorda pra Vida

Podemos considerar que o show seguinte era esperado durante anos: o retorno do Dr. Sin aos palcos – a última apresentação da banda havia sido em março de 2016. Atualmente formada por Andria Busic (voz/baixo), Ivan Busic (bateria) e pelo talentoso músico Thiago Melo (guitarra) substituindo a altura Edu Ardanuy – este que assistiu o retorno de seus amigos do palco e foi lembrando por Andria. A banda fez um show consistente, divertido, demonstrando que a parada não afetou em nada o quão bom eles podem ser. Apresentaram ao vivo a música recém lançada “Lost In Space”, além de clássicos da carreira da banda, a citar “Fire” e “Miracles” entre tantas outras.

Set List Dr Sin:
Scream and Shout
Lost in Space
Time After Time
Fire
Sometimes
Dirty Woman
Miracles
Fly Away
Emotional Catastrophe

Últimos convidados antes dos donos da festa se apresentarem, a banda Malta entoou seus acordes no Tropical Butantã. Atualmente formada por Adriano Daga (bateria), Luana Camarah (vocal), Thor Moraes (guitarra) e Diego Lopes (baixo), fizeram um show baseado no CD de nome ‘IV’ – com lançamento previsto oficialmente para 2019 – o qual mostra uma nova fase do Malta, com um som mais pesado, envolvente, para Headbanger nenhum botar defeito. Um show que agradou bastante a quem estava lá, incluindo aqueles que ainda não conheciam a banda. O show da Malta contou ainda com a participação especial do guitarrista Edu Ardanuy, tocando a faixa “Manipulação” a qual também fará parte do novo álbum e teve o clipe lançado recentemente com a participação do guitarrista Ron Bumblefoot e Amon Lima. Para abrilhantar ainda mais seu show, executaram “Bohemian Rhapsody”, do Queen – a citar que a Malta fora responsável pelo show na premiere do filme “Bohemian Rhapsody” no Allianz Parque em São Paulo. Encerraram sua performance com “Supernova” e a certeza de terem abocanhado mais fãs.

Set List Malta:
Igual a Ninguém
Amor e Ódio
Bater de Frente
Ela Sempre Sabe
Nova História
Pátria Amada
Manipulação
Bohemian Rhapsody
Supernova

Encerrando a noite, aqueles que dão nome ao festival, o Angra, vieram com um repertório bastante variado, executando músicas do último CD, ‘ØMNI’, mas também visitando outras fases da carreira da banda. Formada atualmente por Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria), iniciaram o show com “Newborn Me”, do ‘Secret Garden’. Logo em seguida, vieram para o ‘ØMNI’ com “Travelers In Time”, viajaram até o ‘Temple Of Shadows’ com a música “Waiting Silence” e voltaram mais um pouco, até meados dos anos 90, com o clássico “Nothing To Say”, do albúm ‘Holy Land’. Nem os problemas nos retornos laterais fizeram com que a voz poderosa de Fabio Lione fosse calada, músico o qual interagiu constantemente junto ao público em um ótimo português, para a alegria de todos.

Após um solo de bateria extremamente bem executado por Bruno Valverde, fora apresentada a música “Black Window’s Web”. Neste show, quem deu voz as mulheres da música foi Mayara Puertas, vocalista do Torture Squad, fazendo tanto o vocal limpo de Sandy na música, quanto o gutural que tem a participação de Alicia White-Gluz do Arch Enemy de forma maestral, com qualidade e afinação, demonstrando que além do gutural de qualidade, é dona de uma voz muito bonita.

Rafael Bittencourt cantou junto com Fabio Lione “Silence Inside” e logo em seguida, sozinho, “The Bottom Of My Soul”, música de sua autoria. Ao final, ele agradeceu a todos e discursou sobre a importância do festival e da união do metal nacional. Após executarem “Rebirth” e uma mix entre “Carry On” e “Nova Era”, foram chamados ao palco os músicos das bandas as quais tocaram anteriormente para uma jam session: primeiro, Fernanda Lira da Nervosa e Jean Patton do Project46 para executarem “Walk” do Pantera; logo em seguida Edu Ardanuy com sua guitarra, Luciana Camarah na voz e Adriano Daga na bateria – ambos do Malta – tocaram “Highway To Hell”, a qual contou ainda com os backing vocals de Rafael Bittencourt, Thor e Diego da Malta, fechando a noite com chave de ouro.

Podemos afirmar que muitos já estão contando os dias para o Angra Fest do ano que vem, para saber quais surpresas o festival trará, além da fantástica apresentação do Angra. Agradecimentos à Top Link Music e The Ultimate Music.

Set List Angra:
Newborn Me
Travelers Of Time
Waiting Silence
Nothing To Say
Insania
Acid Rain
Caveman
Black Window’s Web
Upper Levels
Spread Your Fire
Silence Inside
The Bottom Of My Soul
Morning Star
Magic Mirror
Rebirth
Carry On / Nova Era
Walk (Pantera – jam)
Highway To Hell (AC/DC – jam)

 

(Visited 46 times, 3 visits today)